Skip to content

DBB com cliques de Elder Macedo

2011/02/07

Segundo a Vice Pt, o Elder Macedo é uma pérola na cena fotográfica do Norte.

E nós concordamos, aliás, ele é um dos nossos favoritos. Por isso, convidámo-lo para fotografar uma noite nossa, e isso vai acontecer na Dancing Bueno Boîte de 16 de Fevereiro. As fotos dele pintam skaters, os sítios por onde passa e as miúdas da vida dele com uma beleza digna de ser mostrada ao mundo.

© Elder Macedo

© Elder Macedo

© Elder Macedo

© Elder Macedo

Desafiamo-lo então a mostrar o que consegue fazer no ambiente não controlado “descontrolado”, da Dancing Bueno Boîte. E estamos muito ansiosos pelo resultado.

 

Podem ver o trabalho deste jovem talento no Flickr e no Blog dele.

16 de Fevereiro há Dancing Bueno com Gonçalo Gonçalves

2011/02/02

Fevereiro,  segundo mês do ano,  mês do Dia dos Namorados no Hemisfério Norte, onde tudo fica enfeitado de corações, cupidos e coisas demasiado fofinhas e vermelhas. Dramas e comédias românticas assombram os canais de televisão, lojas e restaurantes fazem passear promoções para os namorados, viagens a dois, longas caminhadas na areia de  praias geladas, serões a dois em frente à lareira, isso são coisas de quem tem com quem fazê-las. E quem não tem companhia?  Nós, que estamos solteiros, queremos é curtir (e dizemo-lo com a boca cheia mas com um pouquinho de inveja, lá no fundo).

E aproveitando a altura do dia dos namorados, não queremos ficar de fora destas pieguices e decidimos proporcionar uma noite de Dancing Bueno diferente, mais dedicada ao amor,  mas que agrade tanto aos pombinhos quanto às corujas e cotovias.

Na noite de 16 de Fevereiro teremos, pela segunda vez connosco, o trovador do séc. XXI Gonçalo Gonçalves. Gonçalves é o único cantor romântico da nossa geração à altura dos grandes românticos da geração dos nossos pais e avós. Dotado de um infindável charme, o que escreve e o que canta é o que vive. As paixões, os amores perdidos, as desilusões…

Influenciado por Roberto Carlos, Serge Gainsbourg, Júlio Iglesias, e Adamo entre outros, Gonçalo Gonçalves é a verdadeira pérola que promete enfeitar mesmo os corações mais desnudos nesta data e deixar queixos caídos mais uma vez. Quem viu o concerto dele da primeira vez não vai querer perder desta vez.

Depois do concerto de Gonçalo Gonçalves, a festa fica na mão da trupe do costume, João, Jackie e Filipe, que preparam um set recheado de músicas românticas, perfeitas para se dar uns beijinhos e dançar agarradinho com quem se quiser.

Depois do que estamos a preparar para vocês, prometemos que saem da festa com um sorriso nos lábios, mais um número de telemóvel na agenda e, quem sabe, algo mais.

Aqui ficam alguns links para o Gonçalo Gonçalves:

https://dancingbuenoboite.wordpress.com/2010/10/08/convidado-especial-goncalo-goncalves/

http://www.goncalogoncalves.com/

Fotos do último concerto de Gonçalo Gonçalves na Dancing Bueno Boîte:

http://www.flickr.com/photos/dancingbuenoboite/sets/72157625169994176/

O pessoal do costume vem sempre vestido a preceito como se fosse sair à noite há 20 ou 30 anos atrás e não quisesse ficar à porta da boîte. Este é o passaporte para uma noite divertida, que começa no momento em que se procura um adereço ou um traje especial no baú do nosso avô e que se prolonga até ao momento em que nos doem os pés de tanto dançarmos de saltos altos.

A DBB é uma festa semi-privada cuja entrada funciona com guestlist. O preço habitual para quem encarna a personagem de época é de 3€ para quem consta da nossa guestlist.

Podem enviar os nomes para dancingbuenoboite@gmail.com ou para qualquer um dos colaboradores da festa.

Nota: O concerto de Gonçalo Gonçalves começa à 00h30.

hoje há Dancing Bueno Boîte!

2011/01/26

Mais uma vez estamos em dia de Dancing Bueno Boîte! Hoooraaay!

Estamos a fazer os últmos preparativos para que possam vir passar algum tempo de qualidade connosco e com a vossa cara-metade. Quem estará a fotografar a noite hoje será a Catarina Leal, cujas fotos podem ver aqui.

Está portanto na hora de tirarem as saias rodadas do baú e de roubarem o colar de pérolas à mamã, o blazer ao tio, o charuto, cachimbo ou apenas trazer o adereço de época que têm lá em casa. A piada da festa é exactamente essa, reavivar o charme de ir sair à noite que se vivia antigamente, nos tempos dos nossos pais e avós.

Ainda vão a tempo de constar da guestlist que garante a entrada na festa, enviando e-mail para dancingbuenoboite@gmail.com .

Até logo!

26 de Janeiro há Dancing Bueno Boîte

2011/01/19

Ainda nem estamos com os dois pés bem assentes em 2011 e no espaço de menos de um mês ele já nos presenteou com acontecimentos deveras interessantes: vidas andaram a ser sabotadas das maneiras mais insólitas, os signos já mudaram e afinal não mudaram, a Dilma tomou posse do governo no Brasil, e por aí adiante. Tudo aconteceu, menos a Dancing Bueno Boîte, que chega a 26 de Janeiro para dar as boas vindas ao novo Presidente da República (ou então não).

Na edição I do ano MMXI as hostes serão abertas com um concerto surpresa e depois a habitual equipe da casa dará música às damas e cavalheiros presentes para que o ritual de aumento do nível de álcool no sangue/dança/corte se dê por completo. Estamos a falar do Filipe, do João e da Jackie.

Entre slows, pérolas da música dos anos 60, 70 ou ainda 80, rockalhadas míticas e muita música para abanar o capacete, vamos bailar até de manhã em cima dos nosso stilettos até que nos doam os pés.

Quem já é familiar com o conceito da festa vem vestido a preceito como se fosse sair à noite e não quisesse ficar à porta da boîte.

A Dancing Bueno Boîte é uma festa semi-privada cuja entrada funciona com guestlist. O preço habitual para quem vem no espírito é de 3€ para quem consta da nossa guestlist. Bem lowcost.

Podem enviar os nomes para dancingbuenoboite@gmail.com .

Fotos da Dancing Bueno Boîte de 23 de Dezembro

2011/01/13

As fotos do passado dia 23 de Dezembro já estão no Flickr da festa.

Podem ser vistas clicando aqui.

 

A primeira Dancing Bueno Boîte de 2011 será dia 26 de Janeiro. Mais infos brevemente.

O que vestir para uma Dancing Bueno Boîte?

2010/12/22

Estamos a dias de Dancing Bueno Boîte  e toda a gente nos pergunta: “e agora, o que é que vou vestir?”. Com um pouco de pesquisa pela internet conseguimos preparar um post que poderá servir de ajuda ou de inspiração para aqueles que nunca vieram à boîte ou simplesmente estão mesmo sem ideias.

Os looks disco começaram nos anos 70 e foram épicos pelos calções justinhos estilo “hotpant” e tops stretch de Spandex. Calças brilhantes de lycra em cores estridentes usados com tops justos de lantejoulas eram muitas vezes adaptações de vestuário de dança na altura e começaram a ter um grande impacto nas discotecas quando o Disco ganhou fama. Dourado, peles de leopardo, macacões justos e roupas brancas que brilhavam nas luzes Ultra Violeta capturam a moda Disco na perfeição. O Disco potencializou os dresscodes e as políticas de entrada à porta das discotecas: as pessoas tinham que tentar parecerem-se bem para poderem entrar nos clubs. Durante o dia a moda Disco não era aceitável mas durante a noite era a única maneira possível de se vestir para fazer com que as pessoas se tornassem parte da acção das festas e do ambiente que nelas se vivia. Casacos de seda que reflectiam a luz e medalhões ao pescoço contrastantes com peitos bronzeados numa camisa semi-aberta eram o hype da altura.

O Disco era tudo o que o Punk, o movimento anárquico anti-moda, não era. O punk começou como um pequeno movimento no final dos anos 70, foi mal recebido e só nos anos 80 foi realmente acolhido pelas massas quando começou a ter um maior impacto como “statement” anárquico na economia ocidental.

A moda nos anos 80 tornou-se diferente de todas as outras épocas porque havia vários estilos paralelos. As mulheres desta época começaram a sentir que podiam finalmente escolher um de vários looks contrastantes. O foco da altura eram os ombros. Os fatos de alfaiataria usados para ir trabalhar também tiveram o seu boom nesta altura.

Brincos gigantescos chamavam a atenção para as caras que se afundavam em ombros largos. As ombreiras eram o must e estavam presentes em todo o tipo de casacos, malhas e camisas. As pedras usadas em joalharia e em detalhes podiam ser verdadeiras ou falsas, o que importava era estarem lá. Diamantes, pérolas e correntes de ouro tinham o objectivo de dizer ao mundo: “cheguei”.

Grande significava melhor e os cortes de cabelo dos anos 80 também cresceram para combinar com as roupas. Mousse e gel eram essenciais para os penteados. Os efeitos do excesso de mousse eram tão horripilantes ao acordar que o normal era lavar o cabelo todos os dias.

Rosas fúchsias, verdes-mar, roxos, azul real e vermelho brilhavam nesta época. As camisolas  eram baseadas em visuais românticos de eras passadas.

Estes foram também os anos de ouro das Doc Martens, que eram usadas por toda a gente, homens, mulheres e crianças. Foi também nesta altura que surgiu o dogma de que os sapatos têm de combinar com a mala.

Os anos 80 foram uma época de grande ganância e de indivíduos que viviam na mentira de que tinham tudo, quer fosse a moda, o champagne ou as posses. Muitos caíram na bancarrota porque a  única maneira de adquirir um estilo de vida 80’s era via cartão de credito.

Os anos 90 já dispensam apresentações uma vez que a maioridade de quem virá à festa é requisito mínimo.

Assim sendo, corram aos vossos baús, corram à Rosa Shock, corram à Emaus.

Não se esqueçam de enviar os nomes para a guestlist para dancingbuenoboite@gmail.com .

Edição de Natal com fotografia de Sandra Rego

2010/12/20

Na Quinta-feira a Sandra Rego estará a fotografar a DBB! Roubámos muito gentilmente estas fotos do facebook dela, que são do último Halloween do Plano B, a Noite dos Malditos.

 

 

%d bloggers like this: